quem está por trás da câmera

Raquel. Mãe - imperfeita - de duas meninas, minhas maiores inspirações. Irmãs que dividem o quarto e a vida, brigam, colocam a casa de cabeça pra baixo, tão parecidas em tantas coisas e tão diferentes em outras. Casada com um executivo que queria ser músico, pai pra todas as horas e que apóia as minhas mudanças. Ariana, apaixonada por plantas, observadora, otimista na maioria das vezes. Instintiva. Apreciadora de uma infância simples e livre. Verdadeira, criativa, e um 'pouco' bagunceira. Gosto de tatuagens, chocolate amargo, vinho quando o dia acaba e cerveja entre amigos. Livros, filmes e música presentes. E fotografia. Muita fotografia, é claro.


Não sei dizer ao certo quando descobri meu amor pela fotografia, mas definitivamente ter um pai que vivia fotografando minha infância me influenciou muito para que eu me tornasse uma fotógrafa de família. As fotos da minha infância são um tesouro para mim.

Como mãe e fotógrafa, passar muito tempo com minhas meninas me fez realmente ver todos os pequenos momentos de cada dia. Me especializei em fotografia documental de família porque adoro capturar os momentos comuns, verdadeiros, bobos e carinhosos das famílias. Busco contexto, detalhes e a autenticidade de cada família que fotografo. Estou focada em capturar o a beleza da rotina e a conexão real. Acredito que fotografar a vida é uma necessidade. É nosso legado, nossa história, uma memória gravada para nossos filhos e futuras gerações. As fotos nos trazem de volta a essência, a verdade e os belos momentos de nossas vidas.



MEMBRO DAS ASSOCIAÇÕES:

FPJA (FAMILY PHOTOJOURNALIST ASSOCIATION);

FEARLESS FAMILY;

FDF BRASIL.